SÓ DEUS PODE DAR AMOR, MAS TU PODES ENSINAR A AMAR... SÓ DEUS É O CAMINHO, MAS TU PODES INDICÁ-LO AOS OUTROS... SÓ DEUS É A LUZ, MAS TU PODES FAZÊ-LA BRILHAR... SÓ DEUS SE BASTA A SI MESMO, MAS QUER PRECISAR DE TI E CONTAR CONTIGO...

Quinta-feira, 3 de Junho de 2010
«Eis o pão que os anjos comem transformado em pão do homem; só os filhos o consomem»

Evangelho segundo S. Lucas 9,11-17.

 

Mas as multidões, que tal souberam, seguiram-no. Jesus acolheu-as e pôs-se a falar-lhes do Reino de Deus, curando os que necessitavam. Ora, o dia começava a declinar. Os Doze aproximaram-se e disseram-lhe: «Despede a multidão, para que, indo pelas aldeias e campos em redor, encontre alimento e onde pernoitar, pois aqui estamos num lugar deserto.» Disse-lhes Ele: «Dai-lhes vós mesmos de comer.» Retorquiram: «Só temos cinco pães e dois peixes; a não ser que vamos nós mesmos comprar comida para todo este povo!» Eram cerca de cinco mil homens. Jesus disse aos discípulos: «Mandai-os sentar por grupos de cinquenta.» Assim procederam e mandaram-nos sentar a todos. Tomando, então, os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos ao céu, abençoou-os, partiu-os e deu-os aos discípulos, para que os distribuíssem à multidão. Todos comeram e ficaram saciados; e, do que lhes tinha sobrado, ainda recolheram doze cestos cheios.

 



publicado por saozinhasimoes às 16:35
link do post | comentar | favorito

Domingo, 11 de Abril de 2010
«RECEBEI O ESPÍRITO SANTO»

 

Evangelho segundo S. João 20,19-31.

 

Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, com medo das autoridades judaicas, veio Jesus, pôs-se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco!» Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o peito. Os discípulos encheram-se de alegria por verem o Senhor. E Ele voltou a dizer-lhes: «A paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós.» Em seguida, soprou sobre eles e disse-lhes: «Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ficarão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ficarão retidos.» Tomé, um dos Doze, a quem chamavam o Gémeo, não estava com eles quando Jesus veio. Diziam-lhe os outros discípulos: «Vimos o Senhor!» Mas ele respondeu-lhes: «Se eu não vir o sinal dos pregos nas suas mãos e não meter o meu dedo nesse sinal dos pregos e a minha mão no seu peito, não acredito.» Oito dias depois, estavam os discípulos outra vez dentro de casa e Tomé com eles. Estando as portas fechadas, Jesus veio, pôs-se no meio deles e disse: «A paz seja convosco!» Depois, disse a Tomé: «Olha as minhas mãos: chega cá o teu dedo! Estende a tua mão e põe-na no meu peito. E não sejas incrédulo, mas fiel.» Tomé respondeu-lhe: «Meu Senhor e meu Deus!» Disse-lhe Jesus: «Porque me viste, acreditaste. Felizes os que crêem sem terem visto». Muitos outros sinais miraculosos realizou ainda Jesus, na presença dos seus discípulos, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para acreditardes que Jesus é o Messias, o Filho de Deus, e, acreditando, terdes a vida nele.

 

Da Bíblia Sagrada

 

Comentário ao Evangelho

«Recebei o Espírito Santo»

 

Omnipotente, Benfeitor, Amigo dos homens, Deus de todos,

Criador dos seres visíveis e invisíveis,

Tu que salvas e fortaleces,

Tu que curas e pacificas,

Espírito poderoso do Pai

Tu participas no mesmo trono e na mesma glória,

e na acção criadora do Pai

Por meio de Ti nos foi revelada

a trindade das Pessoas, na unidade da natureza da Divindade;

e Tu és uma destas Pessoas,

Tu, o Incompreensível.

 

Moisés Te proclamou Espírito de Deus (Gn 1, 2):

a Ti, que planavas sobre as águas,

com protecção envolvente, temível e cheia de solicitude;

Tu abriste as asas como sinal de auxílio compadecido aos recém-nascidos,

revelando-nos assim o mistério da fonte baptismal.

Tu criaste, ó Omnipotente, enquanto Senhor,

todas as naturezas de tudo quanto existe,

todos os seres a partir do nada.

Por Ti se renovam pela ressurreição

todos os seres por Ti criados,

nesse momento que é o último dia da vida nesta terra

e o primeiro dia da vida na Terra dos Vivos.

 

Aquele que tem a mesma natureza que Tu,

Aquele que é consubstancial ao Pai, o Filho Unigénito,

obedeceu-Te, na nossa natureza, como a Seu Pai,

unindo a Sua vontade à Tua.

Ele Te anunciou como Deus verdadeiro,

igual e consubstancial a Seu Pai omnipotente

e calou aqueles que a Ti resistiam,

esses que combatiam Deus (cf Mt 12, 28),

perdoando embora àqueles que se Lhe opunham.

 

Ele é o Justo e o Imaculado, o Salvador de todos,

que foi entregue por causa dos nossos pecados,

e que ressuscitou para nossa justificação (Rom 4, 25).

A Ele a glória por Ti,

e a Ti o louvor pelo Pai omnipotente,

pelos séculos dos séculos,

Ámen.



publicado por saozinhasimoes às 14:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 8 de Abril de 2010
SE DEUS...

 

 

Se Deus for a tua Inspiração, os problemas, por maiores que sejam,
serão apenas barreiras que poderás vencer.

Se Deus for o teu Orientador, na hora da dúvida, ficará bem claro,
o caminho que deverás seguir, após uma singela oração.

Se Deus for o teu Médico, saberás distinguir entre a doença carnal,
que precisas de médico, e a doença espiritual, que só Ele pode curar.

Se Deus for o teu melhor Amigo, sabes que poderás contar com Ele
a qualquer hora, na alegria ou na tristeza, com ou sem dinheiro,
com coragem ou morrendo de medo, ele será o teu ombro e te consolará.

Se Deus for o teu Confessor, terás com quem desabafar,
falar dos teus erros, dos deslizes que todos cometemos,
e Ele te perdoará e aliviará a tua alma.

Se Deus for a tua Bandeira, e se por Ele lutares,
se não negares o Seu nome, o Seu amor e a importância Dele na tua vida,
então, Ele também não te negará, não te deixará desamparado.

Se Deus estiver contigo, nada te abalará, nem pedra que caia do céu,
nem terramoto que estremeça o chão, nem inimigos invisíveis da noite,
e terás o maior tesouro que um homem pode alcançar na Terra,
terás a paz interior, essa paz te conduzirá à certeza,
e essa certeza será transformada em fé, e essa fé produzirá frutos,
e seus frutos se espalharão, e o mundo será melhor, e assim,
Deus será na tua vida, o que é, foi e sempre será: Tudo!

 



publicado por saozinhasimoes às 21:55
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 24 de Janeiro de 2010
«Com o poder do Espírito»

Evangelho segundo S. Lucas 1,1-4.4,14-21.
 
Visto que muitos empreenderam compor uma narração dos factos que entre nós se consumaram, como no-los transmitiram os que desde o princípio foram testemunhas oculares e se tornaram Servidores da Palavra, resolvi eu também, depois de tudo ter investigado cuidadosamente desde a origem, expô-los a ti por escrito e pela sua ordem, caríssimo Teófilo, a fim de reconheceres a solidez da doutrina em que foste instruído. Impelido pelo Espírito, Jesus voltou para a Galileia e a sua fama propagou-se por toda a região. Ensinava nas sinagogas e todos o elogiavam. Veio a Nazaré, onde tinha sido criado. Segundo o seu costume, entrou em dia de sábado na sinagoga e levantou-se para ler. Entregaram-lhe o livro do profeta Isaías e, desenrolando-o, deparou com a passagem em que está escrito: «O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu para anunciar a Boa-Nova aos pobres; enviou-me a proclamar a libertação aos cativos e, aos cegos, a recuperação da vista; a mandar em liberdade os oprimidos, a proclamar um ano favorável da parte do Senhor.» Depois, enrolou o livro, entregou-o ao responsável e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. Começou, então, a dizer-lhes: «Cumpriu-se hoje esta passagem da Escritura, que acabais de ouvir.»
 
Da Bíblia Sagrada
 
Comentário ao Evangelho
 
A Santa Igreja é o corpo de Cristo: um só Espírito a vivifica, a unifica na fé e a santifica. Este corpo tem por membros os crentes, de cujo conjunto se forma um só corpo, graças a um só Espírito e a uma só fé. [...] Assim, portanto, aquilo que cada um tem como próprio não é apenas para si; porque Aquele que nos concede tão generosamente os Seus bens e os reparte com tanta sabedoria quer que cada coisa seja de todos e todas de cada um. Se alguém tem a felicidade de receber um dom por graça de Deus, deve então saber que ele não lhe pertence apenas a si, mesmo que seja o único a possui-lo.
 
É por analogia com o corpo humano que a Santa Igreja, quer dizer, o conjunto dos crentes, é chamada corpo de Cristo, uma vez que recebeu o Espírito de Cristo, cuja presença num homem é indicada pelo nome «cristão» que Cristo lhe dá. Com efeito, este nome designa os membros de Cristo, os que participam do Espírito de Cristo, aqueles que recebem a unção d'Aquele que é ungido; porque é de Cristo que vem o nome de Cristão, e «Cristo» quer dizer «ungido»; ungido com este óleo da alegria que, preferido entre todos os companheiros (Sl 44, 8), recebeu em plenitude para partilhar com todos os seus amigos, como a cabeça o faz com os membros do corpo. «É como óleo perfumado derramado sobre a cabeça, a escorrer pela barba [...], a escorrer até à orla das suas vestes» (Sl 132, 2) para se espalhar por todo o lado e tudo vivificar. Portanto, quanto te tornas cristão, tornas-te membro de Cristo, membro do corpo de Cristo, participante do Espírito de Cristo.  

 



publicado por saozinhasimoes às 17:57
link do post | comentar | favorito

Domingo, 29 de Novembro de 2009
I DOMINGO DO ADVENTO

«Então hão-de ver o Filho do Homem vir»

 

 Evangelho segundo S. Lucas 21,25-28.34-36.
 
«Haverá sinais no Sol, na Lua e nas estrelas; e, na Terra, angústia entre os povos, aterrados com o bramido e a agitação do mar; os homens morrerão de pavor, na expectativa do que vai acontecer ao universo, pois as forças celestes serão abaladas. Então, hão-de ver o Filho do Homem vir numa nuvem com grande poder e glória. Quando estas coisas começarem a acontecer, cobrai ânimo e levantai a cabeça, porque a vossa redenção está próxima.» «Tende cuidado convosco: que os vossos corações não se tornem pesados com a devassidão, a embriaguez e as preocupações da vida, e que esse dia não caia sobre vós subitamente, como um laço; pois atingirá todos os que habitam a terra inteira. Velai, pois, orando continuamente, a fim de terdes força para escapar a tudo o que vai acontecer e aparecerdes firmes diante do Filho do Homem.»
 
Da Bíblia Sagrada
 
Comentário ao Evangelho
«Então hão-de ver o Filho do Homem vir»
 
«Aí vem o esposo» (Mt 25, 6). Cristo, o nosso esposo, pronuncia esta palavra. Em latim, o termo «venit» contém em si dois tempos do verbo: o passado e o presente, o que não impede de visar também o futuro. É por isso que vamos considerar três vindas do nosso esposo, Jesus Cristo.
 
Quando da primeira vinda, Ele fez-Se homem por causa do homem, por amor. A segunda vinda tem lugar todos os dias, frequentemente e em muitas ocasiões, em todos os corações que amam, acompanhada de novas graças e de novas dádivas, consoante a capacidade de cada um. A terceira vinda é aquela que terá lugar no dia do Juízo ou na hora da morte. [...]
 
O motivo por que Deus criou os anjos e os homens foi a Sua bondade infinita e a Sua nobreza, uma vez que Ele quis fazê-lo para que a beatitude e a riqueza que Ele próprio é sejam reveladas às criaturas dotadas de razão e para que estas possam saboreá-Lo no tempo e usufruí-Lo para lá do tempo, na eternidade.
 
O motivo por que Deus Se fez homem foi o seu amor imenso e o infortúnio dos homens, pois eles estavam alterados pela queda do pecado original e eram incapazes de se curarem dele. Mas o motivo por que Cristo realizou todas as Suas obras na terra não apenas segundo a Sua divindade mas também segundo a Sua humanidade é quádruplo, a saber: o Seu amor divino que não tem fim; o amor criado, ou caridade, que possuía na Sua alma graças à união com o Verbo eterno e graças à dádiva perfeita que Seu Pai Lhe fez; o grande infortúnio em que se encontrava a natureza humana; e, por fim, a honra de Seu Pai. Eis os motivos da vinda de Cristo, o nosso esposo, e de todas as Suas obras.

 



publicado por saozinhasimoes às 20:41
link do post | comentar | favorito

Domingo, 22 de Novembro de 2009
NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

 

 
NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO
 
Evangelho segundo S. João 18,33-37.
 
Pilatos entrou de novo no edifício da sede, chamou Jesus e perguntou-lhe: «Tu és rei dos judeus?» Respondeu-lhe Jesus: «Tu perguntas isso por ti mesmo, ou porque outros to disseram de mim?» Pilatos replicou: «Serei eu, porventura, judeu? A tua gente e os sumos-sacerdotes é que te entregaram a mim! Que fizeste?» Jesus respondeu: «A minha realeza não é deste mundo; se a minha realeza fosse deste mundo, os meus guardas teriam lutado para que Eu não fosse entregue às autoridades judaicas; portanto, o meu reino não é de cá.» Disse-lhe Pilatos: «Logo, Tu és rei!» Respondeu-lhe Jesus: «É como dizes: Eu sou rei! Para isto nasci, para isto vim ao mundo: para dar testemunho da Verdade. Todo aquele que vive da Verdade escuta a minha voz.»
 
Da Bíblia Sagrada
 
Comentário ao Evangelho:
 
«Venha o Teu Reino» (Mt 6, 10)
O reino do pecado é inconciliável com o reino de Deus. Portanto se queremos que Deus reine sobre nós, «que o pecado não reine mais no vosso corpo mortal». Mas «crucifiquemos os nossos membros no que toca à prática de coisas da terra», demos frutos do Espírito. Assim, como num paraíso espiritual, o Senhor passeará em nós, reinando sozinho com o Seu Cristo. Este será entronado em nós «à direita do Todo-Poderoso» que desejamos receber até que todos os Seus inimigos presentes em nós «se tornem estrado para os Seus pés» e seja expulso para longe «todo o principado, toda a dominação e poder».
 
Tudo isto pode acontecer em cada um de nós até que seja destruído «o último inimigo [...]: a morte» e Cristo diga em nós: «Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?» Por isso, desde agora, que tudo o que é «corruptível» em nós se torne santo e «se revista de incorruptibilidade» e o que é «mortal» [...] se «revista da imortalidade» do Pai. Assim, Deus reinará sobre nós e estaremos desde já na alegria do novo nascimento e da ressurreição.

 



publicado por saozinhasimoes às 21:15
link do post | comentar | favorito

Domingo, 25 de Outubro de 2009
«Logo ele recuperou a vista e seguiu Jesus pelo caminho»

 

Evangelho segundo S. Marcos 10,46-52.
 
Chegaram a Jericó. Quando ia a sair de Jericó com os seus discípulos e uma grande multidão, um mendigo cego, Bartimeu, o filho de Timeu, estava sentado à beira do caminho. E ouvindo dizer que se tratava de Jesus de Nazaré, começou a gritar e a dizer: «Jesus, filho de David, tem misericórdia de mim!» Muitos repreendiam-no para o fazer calar, mas ele gritava cada vez mais: «Filho de David, tem misericórdia de mim!» Jesus parou e disse: «Chamai-o.» Chamaram o cego, dizendo-lhe: «Coragem, levanta-te que Ele chama-te.» E ele, atirando fora a capa, deu um salto e veio ter com Jesus. Jesus perguntou-lhe: «Que queres que te faça?» «Mestre, que eu veja!» respondeu o cego. Jesus disse-lhe: «Vai, a tua fé te salvou!» E logo ele recuperou a vista e seguiu Jesus pelo caminho.
 
Da Bíblia Sagrada
 
Comentário ao Evangelho
 
«Logo ele recuperou a vista e seguiu Jesus pelo caminho»
 
[No Monte Sinai, Moisés disse ao Senhor: «Mostra-me a Tua glória». Deus respondeu-lhe: «Farei passar diante de ti toda a Minha bondade (...), mas tu não poderás ver a Minha face» (Ex 33, 18ss.).] Experimentar este desejo parece-me porvir de uma alma animada pelo amor à beleza essencial, uma alma a quem a esperança não pára de conduzir da beleza que já viu para aquela que está para além. [...] Este pedido audacioso, que ultrapassa os limites do desejo, almeja pela beleza que está para além do espelho, do reflexo, para a ver face a face. A voz divina satisfaz o pedido, recusando-o simultaneamente [...]: a magnanimidade de Deus concede-lhe a satisfação do desejo, mas, ao mesmo tempo, não lhe promete repouso nem saciedade. [...] É nisto que consiste a verdadeira visão de Deus: aquele que para Ele eleva os olhos nunca mais cessa de O desejar. É por isso que Ele diz: «não poderás ver a Minha face». [...]
 
O Senhor que tinha respondido a Moisés exprime-se da mesma forma aos Seus discípulos, clarificando o sentido desta simbologia. Ele diz «Se alguém quiser vir após Mim», (Lc 9, 23) e não: «Se alguém quiser ir à Minha frente». Ao que Lhe faz um pedido a respeito da vida eterna, propõe o mesmo: «Vem e segue-Me» (Lc 18, 22). Ora, aquele que segue caminha virado para as costas daquele que o guia. Portanto, o ensinamento que Moisés recebe sobre a maneira pela qual é possível ver a Deus é este: ver a Deus é segui-Lo para onde Ele conduzir. [...]
 
Com efeito, aquele que não conhece o caminho não pode viajar em segurança se não seguir o guia. Este precede-o, mostrando-lhe o caminho; por isso, quem o segue não se desviará do caminho se se mantiver virado para as costas daquele que o conduz. Com efeito, se se deixar ir ao lado ou de frente para o guia tomará uma via diferente da indicada. Por isso, Deus diz àquele a quem conduz: «Não poderás ver a Minha face», o que significa: «não olhes de frente o teu guia», porque, se assim fizesses, correrias num sentido que Lhe é contrário. [...] Como vês, é importante aprender a seguir a Deus: para aquele que assim O segue nenhuma contradição do mal se poderá opor ao seu caminhar.

 



publicado por saozinhasimoes às 16:44
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2006
O CATEQUISTA IDEAL

O (A) CATEQUISTA:

- Não pode ser o (a) dono (a) da verdade nem do saber.

- Não pode confundir ENCONTRO de Catequese com AULA DE CATECISMO.

- Tem que arranjar tempo e disposição para participar dos encontros de PREPARAÇÃO,  PLANEAMENTO e AVALIAÇÃO da Catequese.

- É pessoa que REZA (oração pessoal, com os demais catequistas, com os catequizandos e nos encontros litúrgicos de preferência sempre com as crianças).

- É uma pessoa que ESTUDA E REFLECTE . Participa dos cursos, busca constante actualização.

- Cultiva o espírito de EQUIPA; faz questão de trabalhar em equipa; nas coisas práticas, sempre procura agir de acordo com aquilo que foi resolvido em comum.

- É uma pessoa PONTUAL. Até se anticipa à chegada das crianças e é o último a sair. Os momentos antes e após o encontro de catequese com as crianças, são momentos preciosos para melhor conhecer e fazer amizade com as mesmas.

- Não tem "direito" de perder a paciência nem com o catequizando, nem com os familiares. Gritos e zangas são anti-catequéticos.

- Procura sempre dar apoio e conviver fraternalmente com os colegas da Pastoral.

- Procura fazer todo o possível para não prejudicar o andamento da Família. Pelo contrário, capricha mais para que todos se sintam felizes.

- Cria, inventa mas sempre com o objectivo de melhor transmitir a Mensagem proposta para aquele dia.

- Tem estima sagrada pela IGREJA, pela BÍBLIA, pela EUCARISTIA.

 

"Não foi um espírito de fraqueza que Deus nos deu, mas um espírito de força, de amor e auto estima."  (II Tm 1,7)


tags:

publicado por saozinhasimoes às 23:43
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 29 de Agosto de 2006
O MEU TESTEMUNHO DE CATEQUISTA

Um dia eu fiz uma escolha. Tu me chamaste a experimentar o que eu jamais havia experimentado.

Tu me chamaste, me pegaste pela mão e disseste que eu não me iria arrepender.

No início fiquei assustada, não sabia o que pretendias de mim, mas mesmo assim , Te segui, aceitei o Teu convite e mudei a minha vida para sempre, nem eu mesma sabia o porque, mas estava lá, sempre ao Teu lado, e nunca deixaste que eu fizesse tudo sozinha , eu sempre pude contar Contigo.

E junto a Ti conheci muitas pessoas especiais, pude presenciar vários acontecimentos que mudaram a minha  trajectória , mudaram a minha vida; pude encarar a vida com uma postura muito além das regras que as pessoas nos impõem na sociedade.

Com essa escolha tive que renunciar algumas coisas e aceitar outras. Posso dizer que nesses anos todos Contigo, até "perdi" algumas noites, estando junto a Ti tive que aceitar perder algumas horas da minha semana para me preparar, para pôr em prática e que me pediste.

Mas não chamo isso de perda de tempo, porque com essas horas reservadas, pude aprender muito mais da vida.

Essa escolha mudou realmente a minha vida, o meu modo de viver e de pensar.

Senhor! Tu me chamaste a seguir a Tua Palavra e espalhar a Tua verdade por onde eu passasse, com o meu SIM a minha vida se tornou mais alegre, pude entender muitas coisas que até então, não havia entendido.

Hoje eu sei que com a escolha de espalhar a Tua Palavra eu aprendi a viver, aprendi a aceitar as minha limitações e as do meu irmão.

Aprendi que nós não estamos sózinhos aqui, que existem pessoas importantíssimas nas nossas vidas, que Tu as colocas no nosso caminho  com um propósito.

Aprendi a ver a vida não apenas com os olhos, mas sim com a alma, a dor doeu menos, o sofrimento não me deixa abalar e que a minha família vem em primeiro lugar.

Tu me escolheste e ensinaste-me a amar cada vez mais. Com o meu SIM, aceitei o Teu convite.

Hoje tenho orgulho em dizer: SOU CATEQUISTA.

E continuarei seguindo os teus passos.

Não sou catequista para receber recompensas. Só pretendo com a minha total dedicação e empenho, anunciar a Boa Nova de Jesus Cristo, um Reino de Amor e de Verdade.

Para todos os colegas catequistas desejo que a paz do Senhor fique convosco, e que nunca desanimem, pois Jesus Cristo está sempre ao nosso lado, Ele nunca nos abandona.

 

 Conceição Simões

 

 

 


tags:

publicado por saozinhasimoes às 21:46
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006
VAMOS TRABALHAR NA VINHA DO SENHOR

Nós temos uma missão e Cristo espera que cumpramos o Seu mandamento de seguir em frente, levar o Evangelho a toda a criatura; se já desististe de tudo, volta depressa! Cristo chama-te, não o desapontes.

Pelo teu testemunho pessoas já se converteram ao Senhor, outros já olharam com outros olhos para as coisas de Deus, essa também é uma maneira de ser pescador de homens. O nosso tempo de agir é agora, o ontem é passado e damos glória a Deus pelo que fizemos, o amanhã é incerto, então temos o hoje; vive realmente o teu tempo.

No ínicio da nossa caminhada evangelizamos como ninguém, mesmo ser ter pleno conhecimento do que estávamos fazendo; era por inspiração , com amor, ardor e muita garra. Hoje Deus chama de volta os Seus filhos que estão estagnados, outros afastaram-se. Conhecemos muitos que pegavam em redes connosco e arrastávamos muitos peixes, eram pessoas de oração, de testemunho e hoje estão afastados. Jesus chama-os de volta e nós devemos fazer a nossa parte, estendendo-lhes a mão, encorajando-os a voltarem; muitos estão esperando apenas esse pequeno sinal para voltarem.

Por mil motivos, muitos deles voltaram para o lamaçal da vida, mas estão marcados! São do Senhor. São apóstolos. São pescadores de homens. É preciso buscá-los, repescá-los sem medo. A seara é grande, por isso será necessário reunir uma grande equipa. Teremos que reunir os operários antigos e os veteranos com os novatos e inexperientes, partir juntos, porque é necessário pescar almas em quantidade!

São novos tempos. O senhor convoca a todos. É preciso reunir os operários da primeira hora. O desafio é imenso. O próprio Senhor convoca os apóstolos de um novo tempo. Deus nos convida a sermos homens e mulheres conduzidos pelo Espírito Santo.

 


tags:

publicado por saozinhasimoes às 18:05
link do post | comentar | favorito

MUSICA RELAXANTE
posts recentes

SOLENIDADE DE PENTECOSTES

ESTE É O MEU FILHO MUITO ...

FELIZ ANO NOVO

«Preparai O Caminho Do Se...

O PROFESSOR ATEU

«Zaqueu, Desde Depressa»

Reconhecer Cristo No Pobr...

ORAÇÃO DE UM JOVEM TRISTE

SEGUE-ME

«Tome a sua cruz, dia apó...

arquivos

Outubro 2012

Julho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


links